terça-feira, 13 de janeiro de 2015

ALCAÇUZ (Periandra dulcis) laxativa, diurética

ALCAÇUZ (Periandra dulcis) laxativa, diurética

22 ALCAÇUZ (Periandra dulcis)
Família: Leguminosas.
Sinonímia: Periandra, uruçu-huê, alcaçuz-do-cerrado, alcaçuz-da-terra, raiz-doce, cipó-em-pau-doce.
Características: Árvore pequena ou arbusto.
Folhas compostas.
Folíolos oblongos ou lanceolados, glabros, com nervura saliente.
Flores em racimos terminais.
Raiz adocicada.
Habitat: Nos campos altos e pedregosos.
Freqüente, no Brasil central.

Valor terapêutico: Ê uma planta resolutiva, laxativa, diurética, expectorante, calmante.
Usa-se nas inflamações do ventre e das vias urinárias, nos defluxos, catarros crônicos, congestão hepática, dispnéia.
A raiz seca, reduzida a pó, e misturada com um pouco de farinha de trigo, aplica-se, em forma de cataplasma, sobre as partes afetadas pela erisipela, para acalmar a dor.
Parte usada: Raiz, em decocção.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.

ALCAÇUZ-DA-EUROPA (Clycyrrhiza glabra, Liquiritia officinalis)

23 ALCAÇUZ-DA-EUROPA (Clycyrrhiza glabra, Liquiritia officinalis)
Família: Leguminosas.
Sinonímia: Raiz-doce.
Características: Ê um arbusto de 1 a 2 metros.
Folhas compostas, imparipenadas; 4 a 7 pares de folíolos oblongos ou elípticos, obtusos.
Flores róseo-arroxeadas, em cachos axilares. O fruto é uma vagem alongada, contendo várias sementes.
Valor terapêutico: Emprega-se na bronquite, rouquidão, tosse, Ia-ringite.
Parte usada: Raiz, em decocção.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.


ALCAÇUZ-DA-TERRA (Glycyrrhiza americana)

24 ALCAÇUZ-DA-TERRA (Glycyrrhiza americana)
Família: Leguminosas.
Características: Arbusto.
Folhas em palmas pequenas.
Fruto: vagem.
Valor terapêutico: É usado em virtude das suas propriedades diuréticas e emolientes.
Tem emprego nas doenças inflamatórias.



Nenhum comentário:

Postar um comentário