sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

ALFAVACA (Ocimum basilicum) para curar feridas.

ALFAVACA (Ocimum basilicum) para curar feridas.

30 ALFAVACA (Ocimum basilicum)
Família: Labiadas.
Sinonímia: AIf avaca-da-américa, remédio-de-vaqueiro, manjericão-de-folha- larga, ma n jer icão-de- mo I ho, manjericão-dos-cozinheiros, manjerfcâo-grande, erva-real, basíIico-grande.
Características: Planta herbácea, muito cheirosa.
Folhas ovais ou oval*elíptícas, íongipecioladas. f «florescência em espigas.
Fruto: aquémos.
Valor terapêutico: As folhas são aromáticas, estimulantes, carminai ivas, antieméticas, sudoríficas e diuréticas.
Aplicam-se nos seguintes casos: Ardor na urinação; debilidade dos nervos; digestão dificultosa; enfermidades dos intestinos, estômago e rins; febres, tosse, ventosidades.
Empregam-se 10 a 15 gramas, por infusão.
Externamente usa-se para gargarejos em casos de dor de garganta, anginas, aftas, etc.
As folhas amassadas são boas para curar feridas.
Com o chá das folhas, ou com o chá das sementes em maceração, preparam-se compressas que as mães íactantes aplicam sobre os bicos dos seios afetados.
Com a raiz prepara-se um xarope para combater a tuberculose pulmonar.


Alfavaca
Partes usadas: Folhas e sementes.
Dose: 10 a 15 gramas por litro de água, 4 a 5 xícaras por dia.


ALFAVACA-DE-CHEIRO (Ocimum incanum fluminensis)

31 ALFAVACA-DE-CHEIRO (Ocimum incanum fluminensis)
Família: Labiadas.
Característica: Planta herbácea.
Valor terapêutico: Com o decocto desta planta prepara-se um xarope eficaz contra a coqueluche.
Esta alfavaca é também útil para combater o reumatismo.


ALFAVACA-DE-COBRA (Monnieria trifolia)

32 ALFAVACA-DE-COBRA (Monnieria trifolia)
Família: Rutáceas.
Sinonímia: Jaborandi-do-pará, jaborandi-de-três-folhas, alfavaca-brava (Maranhão).
Características: Planta herbácea.
Flores brancas.
Cheiro forte.
Habitat: Nas capoeiras e campinas da Amazônia.
Valor terapêutico: Tem propriedades diaforéticas, diuréticas, siala-gogas e expectorantes.
Emprega-se o decocto nas enfermidades dos rins, da bexiga e da uretra.
Em banhos, dá bom resultado contra o reumatismo.
Parte usada: Toda a planta.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.

ALFAVACA-DO-CAMPO (Ocimum incanescens)

33 ALFAVACA-DO-CAMPO (Ocimum incanescens)
Família: Labiadas.
Sinonímia: Alfavaca-de-vaqueiro, remédio-de-vaqueiro, segurelha.
Características: Planta herbácea.
Folhas opostas, ovais, finamente dentadas.
Flores pequenas, brancas, em espigas.
Habitat: Em vários Estados.
Valor terapêutico: Tem virtudes sudoríficas, peitorais, carminati-vas, estimulantes.
É útil na coqueluche, na cólica renal e nas areias dos rins.
Parte usada: Folhas.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário