sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

ARRUDA-DO-CAMPO (Hypericum teretiusculum)

ARRUDA-DO-CAMPO (Hypericum teretiusculum)

107 ARRUDA-DO-CAMPO (Hypericum teretiusculum)
Família: Gutiferàceas.
Sinonímia: Arruda-de-são-paulo.
Características: Arbusto.
Folhas pequenas, compridas.
Flores em cachos.
Fruto: cápsula alongada.
Valor terapêutico: Tem virtudes emenagogas.

ARRUDA-DO-MATO (Indigofera similerula)

108 ARRUDA-DO-MATO (Indigofera similerula)
Família: Leguminosas.
Sinonímia: Anil-dos-pobres.
Características: Arbusto de uns 2 m de altura, pouco esgalhado.
Folhas em palas miúdas, verde-azuladas.
Flores miudinhas, em cachos.
Fruto: vagem pequena contendo algumas sementes semelhantes ao feijão.
Habitat: Estados do Nordeste.
Valor terapêutico: O suco desta planta acalma a dor de dente.

ARRUDA-DO-MATO (Pilocarpus officinalis)

109 ARRUDA-DO-MATO (Pilocarpus officinalis)
Família: Rutáceas.
Características: Arbusto.
Assemelha-se à arruda verdadeira.
Habitat: Maranhão e outros Estados.
Valor terapêutico: Tem aplicação nos casos de anemia, escrofulo-se, afecções do fígado, dismenorréia, reumatismo articular, tuberculose.
As gestantes devem tomar muito cuidado, porque esta planta é abortiva.



Nenhum comentário:

Postar um comentário