terça-feira, 9 de junho de 2015

CARNAÚBA para combater a hidropisia, o reumatismo e a sífilis.

CARNAÚBA para combater a hidropisia, o reumatismo e a sífilis.

267 CARNAÚBA (Corypha cerifera, Arrudaria cerifera, Copernicia cerifera)
Família: Palmáceas.
Sinonímia: Carandaí, coqueiro-carandá.
Características: É uma palmeira que vegeta nos terrenos arenosos.
Flores monóicas, em grande número, pequeníssimas.
Fruto redondo, do tamanho de uma avelã.
A carnaubeira foi com razão chamada a "árvore-providência",
pois dela tudo se aproveita.
Com suas folhas se cobrem as habitações, se fazem cordas, sacos e chapéus, e delas se retira uma cera que tem numerosas aplicações: serve como isolante e entra na fabricação de vernizes, lubrificantes, discos de vitrola, ácido pícrico para a pólvora, etc.
Seu caule fornece madeira para as construções.
Seu fruto, cuja polpa se aproveita para fazer doces, encerra um caroço de que se extrai um óleo. E sua raiz é usada como medicamento.
Valor terapêutico:
É vantajoso substituto da salsaparrilha.
A raiz da carnaúba é diurética.
Usa-se para combater a hidropisia, o reumatismo e a sífilis.
Parte usada: Raiz, em decocção.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário