terça-feira, 7 de julho de 2015

CEDRO (Cabralea leavis) para lavar feridas e úlceras

CEDRO (Cabralea leavis) para lavar feridas e úlceras

313 CEDRO (Cabralea leavis)
Família: Meliáceas.
Sinonímia: Caiárana.
Características: Árvore grande.
Folhas longipecioladas, compostas.
Folíolos opostos.
Habitat: Ocorre, em abundância, desde o Rio até o Ceará.
Valor terapêutico: Emprega-se o infuso da rasura do cedro-rosa
para lavar feridas e úlceras, sobre as quais se colocam panos molhados
nesse infuso, que também é bom para combater as orquites.


CEDRO-BRANCO (Cedrela fissilis, Cedrela brasiliensis)

314 CEDRO-BRANCO (Cedrela fissilis, Cedrela brasiliensis)
Família: Meliáceas.
Sinonímia: Cedro-batata.
Características: Árvore grande.
Folhas pinadas.
Folíolos opostos, quase sêsseis alongados ou lanceolados.
Habitat: É conhecido desde o Estado do Rio até a Amazônia.
Valor terapêutico: A casca, que se usa em decocção, encerra propriedades
adstringentes e febrífugas.


CEDRO-ROSA (Cedrela Glaziovii)

315 CEDRO-ROSA (Cedrela Glaziovii)
Família: Meliáceas.
Sinonímia: Cedro-vermelho.
Características: Árvore.
Folhas compostas de 6 a 8 pares de folíolos opostos, glabros.
Habitat: Conhecido no Rio e noutros Estados.
Valor terapêutico: A casca, que tem cheiro de alho,
é reputada como emética e adstringente.


CEDRO-VERMELHO (Cedrela odorata)

316 CEDRO-VERMELHO (Cedrela odorata)
Família: Meliáceas.
Sinonímia: Cedro-fêmea, cedro-mogno, cedro-cheiroso, cedro-bor-dado, acaju.
Outros idiomas: Acajou femelle, Cedre acajou (Guiana Francesa), Cedar (Inglaterra), Cederholz (Alemanha).
Característica: Árvore muito grande.
Habitat: Na mata de terra firme e na da várzea alta.
Valor terapêutico: A casca é adstringente, tônica e febrífuga.
O «decocto da madeira, externamente, é usado nas orquites, e, internamente,
como emético violento.
O pó da casca e o óleo das sementes têm aplicação detergente nas
feridas gangrenosas e nas úlceras atônicas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário