sábado, 3 de outubro de 2015

ERVA-DE-PASSARINHO (Oryctanthus ruficaulis)

ERVA-DE-PASSARINHO (Oryctanthus ruficaulis)

440 ERVA-DE-PASSARINHO (Oryctanthus ruficaulis)
Família: Lorantáceas.
Sinonímia: Erva-passarinheira, enxerto-de-passarinho, enxerco, gui-rarepoti.
Características: Subarbusto parasita.
O fruto fornece um visgo e um pouco de borracha.
Valor terapêutico: Como resolutivo enérgico, usa-se na orquite e
nos tumores diversos.
Parte usada: Folhas.


ERVA-DE PASSARINHO em úlceras crônicas

441 ERVA-DE PASSARINHO (Struthanthus flexicaulis)
Família: Lorantáceas.
Sinonímia: Erva-passarinheira, enxerto-de-passarinho, enxerco, guirarepoti.
Características: Erva-de-passarinho é um nome dado a várias plantas de
caule flexuoso, as quais parasitam as árvores, especialmente as laranjeiras,
por disseminação feita pelos pássaros, ávidos dos pequenos frutos dessas espécies, da família das Lorantáceas. É uma planta que se propaga com muita facilidade, e cobre literalmente todos os ramos da árvore, matando-a em pouco tempo.
Valor terapêutico: Emprega-se contra a leucorréia, a bronquite e a hemoptise.
Em clister, combate as diarréias.
Parte usada: Folhas, em decocção.
Família: Euforbiáceas.
Sinonímia: Erva-andorinha.
Características: Planta herbácea.
Cresce até uns 60 cm de altura.
Caule nodoso.
Quando se faz um talho, sai um suco leitoso, muito cáustico.
Folhas oblongas, agudas, pequenas.
Flores pequenas, vermelhas.
Habitat: Nos lugares úmidos, à beira dos riachos: Bahia, Rio, S.
Paulo e outros Estados.
Valor terapêutico:
As folhas machucadas aplicam-se, em forma de cataplasmas, em úlceras crônicas,
feridas velhas, etc.
Tem aplicação, também, nos casos de oftalmias purulentas e inflamações das pálpebras.




Nenhum comentário:

Postar um comentário