sábado, 28 de novembro de 2015

GALINHA-CHOCA (Erythroxylum deciduum)

GALINHA-CHOCA (Erythroxylum deciduum)

508 GALINHA-CHOCA (Erythroxylum deciduum) contra as disenterias
Família: Eritroxiláceas.
Sinonímia: Cabelo-de-negro. Há também outras plantas, da mesma família, com os mesmos nomes.
Características: Árvore de 3 a 4 metros de altura.
Folhas obovais ou oboval-lanceoladas, com o ápice arredondado e a base aguda, cur-to-pecioladas, dotadas de estípolas caducas.
Fruto alongado, avermelhado, com uma grande semente revestida de uma camada polposa.
Valor terapêutico:
A casca, graças às suas propriedades adstringentes,
tem aplicação contra as disenterias rebeldes.


GALINHA-CHOCA contra as disenterias

509 GALINHA-CHOCA (Erythroxylum suberosum, Erythroxylum areolatum, Stendelia brasil)
Família: Eritroxiláceas.
Sinonímia: Azougue-do-campo, cabelo-de-negro, fruta-de-pombo, jacaré-do-campo, mercureiro, mercúrio-do-campo, sessenta-e-dois.
Características: Arbusto grande.
Caule nodoso.
Folhas obovais ou elípticas, curtopecioladas, coriáceas, estipuladas.
Flores brancas, em fâscículos axilares.
Fruto pequeno, oval, vermelho-alaranjado.
Habitat: Minas e outros Estados.
Valor terapêutico: Usa-se a casca como adstringente contra as disenterias rebeldes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário