quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

IPECACUANHA-VERDADEIRA contra asma, bronquite, catarro sufocante, coqueluche

IPECACUANHA-VERDADEIRA contra asma, bronquite, catarro sufocante, coqueluche

573 IPECACUANHA-VERDADEIRA (Callicocca ipecacuanha, Cephaelis ipecacuanha,
Ipecacuanha brasiliensis, Ipecacuanha disente-rica, Ipecacuanha fusca,
Ipecacuanha officinalis, Psychotria ipecacuanha, Uragoga ipecacuanha)
Família: Rubiáceas.
Sinonímia: Ipê-caá-coêne, ipecacuanha-canela-da-menor, ipeca, ipeca-verdadeira, poaia, poaia-cinzenta, poaia-preta, poaia-vermelha, poaia-das-boticas, raiz-do-brasil, cagosanha.
Outro idioma: Ipeca annelê (França).
Características: Erva vivaz.
Raiz nodosa.
Caule erecto ou rasteiro.
Folhas opostas, ovais, lanceoladas, verdes.
Flores brancas.
Fruto ovóide.
Há diversas espécies de Ipecacuanha.
Habitat: Nas matas, à sombra dos grandes arvoredos, e perto dos pântanos: Coiás, Mato Grosso, Amazonas e outros Estados.
Valor terapêutico: A raiz é emética em alta dose, e expectorante em pequena dose.
Emprega-se o chá do cozimento da raiz, com bons resultados,
contra asma, bronquite, catarro sufocante, coqueluche, disenteria, febre, garrotilho, pneumonia. Tóxica em grande quantidade.
Parte usada: Raiz, em decocção.
Dose: 10 gramas para 1 litro de água; uma xícara por dia.
Toma-se o chá aos goles.






Nenhum comentário:

Postar um comentário