quarta-feira, 20 de abril de 2016

MANGUE-VERMELHO (Rhizofora mangle) contra as diarréias

MANGUE-VERMELHO (Rhizofora mangle) contra as diarréias

678 MANGUE-VERMELHO (Rhizofora mangle)
Família: Rizoforáceas.
Sinonímia: Mangue-verdadeiro, mangue-de-sapateiro, mangue-de-pendão, mangue-preto, guarapari, guaparaíba, canaponga, mapareíba, mangueiro (Amazônia).
Outro idioma: Red mangrove (Inglaterra).
Características: Árvore pequena, cujas raízes adventícias arqueadas, formando verdadeiros castiçais, firmam-lhe o tronco e garantem-Ihe o equilíbrio necessário para resistir ao ímpeto das ondas da maré alta.
As raízes nascem no tronco aéreo, crescem inicialmente em direção horizontal, mas curvam-se depois para baixo e penetram no lodo.
Folhas simples, inteiras, opostas, elíptico-ovais, espessas, coriáceas, revestidas duma epiderme grossa, suberosa e lustrosa.
Flores pequenas, esverdeadas, radiadas.
Inflorescência em pequenas pseudo-umbe-las axilares.
Fruto: baga indeiscente.
Habitat: Nos pântanos salobros e salgados, nas zonas litorâneas.
Valor terapêutico: A casca é usada contra as diarréias, disenterias, hemorragias, leucorréias.
Parte usada: Casca, em decocção.
Dose: 20 gramas para 1 litro de àgua; 4 a 5 xícaras por dia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário