sexta-feira, 22 de abril de 2016

MANJERONA (Origanum majorana, Majorana hortensis) ajuda a digestão

MANJERONA (Origanum majorana, Majorana hortensis) ajuda a digestão

680 MANJERONA (Origanum majorana, Majorana hortensis)
Família: Labiadas.
Sinonímia: Flor-de-himeneu.
Características: Planta herbácea, em forma de touceira.
Seus ramos, que são finos, se estendem, elevando as pontas.
Pequenas folhas opostas, ovais, esbranquiçadas, empubescidas.
Florezinhas alvas.
Fruto parecido com o do manjericão.
Muito usado como condimento.
Valor terapêutico: A manjerona machucada, misturada, com gordura vegetal, é boa para combater catarros nasais das crianças, untan-do-se-lhes o nariz várias vezes ao dia.
A mesma pomada, aplicada sobre o ventre das crianças, acalma as cólicas intestinais e afugenta os gases que produzem o inchaço do ventre.
Banhos quentes com folhas de manjerona, são bons contra a debilidade dos músculos e dos nervos.
A manjerona como condimento estimula o apetite, ajuda a digestão,
combate as cólicas, e presta bons seviços nos casos de debilidade do estômago,
dispepsia atônica, arrotos.
Nas feridas, contusões, queimaduras, tumores, etc., empregam-se cataplasmas de manjerona fresca, cozida.
Nos mesmos casos podem, também, usar-se compressas.
Um chá preparado na dose de 10 gramas de manjerona para 1 litro de água, em infusão, 3 a 4 xícaras ao dia, age como sudorífico e é bom para combater o histerismo, bem como a incontinência dos instintos sexuais, e ninfomania, etc.
As folhas frescas, machucadas, e aplicadas em forma de cataplasmas, topicamente, acalmam as dores reumáticas.
Os banhos quentes, com folhas de manjerona, também dão bons resultados.
Parte usada: Toda a planta.






Nenhum comentário:

Postar um comentário