terça-feira, 24 de maio de 2016

MELÃO-DE-SÃO-CAETANO (Momordica charantia)

MELÃO-DE-SÃO-CAETANO (Momordica charantia)

714 MELÃO-DE-SÃO-CAETANO (Momordica charantia)
Família: Cucurbitáceas.
Sinonímia: Erva-de-são-caetano, erva-de-lavadeira.
Características: Cipó herbáceo.
Cheiro desagradável.
Ramos qua-drangulares.
Folhas palmatífidas, de 5 lobos sinuado-dentados.
Flores amarelo-pálidas ou brancas, em cachos ou corimbos. O fruto se abre em três válvulas espinhosas, cor de ouro, tendo no interior sementes cobertas de arilo vermelho, que se come.
As folhas clareiam a roupa e tiram nódoas.
Os frutos novos são comestíveis, quer crus, em forma de saladas, quer fritos ou cozidos, depois de separadas as sementes e escaldadas para tirar o amargor.
Habitat: Comum nos terrenos abandonados.
Valor terapêutico: As folhas e os frutos são vermífugos e úteis na cura do gogo
das aves domésticas.
A haste é anti-febril, sendo indicada nas febres palustres.
O suco, misturado com azeite de amêndoas doces, é usado contra as queimaduras.
O suco das folhas aplica-se contra a sarna.
As folhas, em infusão (20:1000), são boas nas leucorréias e menstruações difíceis,, e nas cólicas produzidas pelos vermes.
O fruto maduro, em infusão (20:1000), é usado contra as hemorróidas.
A polpa das sementes, raspada e bem machucada, e misturada com vaselina,
fornece um ungüento bom para provocar a supuração nos casos de tumores, furúnculos, carbúnculos, etc.
A planta toda, em banhos, é indicada para dartros eczemas, etc.
Parte usada: Toda a planta.




Nenhum comentário:

Postar um comentário