quinta-feira, 30 de junho de 2016

PALMEIRA-PIASSAVA (Leopoldinia piassaba) remedia a erisipela

PALMEIRA-PIASSAVA (Leopoldinia piassaba) remedia a erisipela

754 PALMEIRA-PIASSAVA (Leopoldinia piassaba)
Família: Palmáceas.
Sinonímia: Piaçaba.
Outro idioma: Chiquichiqui (nome que os indígenas da Venezuela dão à polpa do fruto).
Características: Palmeira com tronco de 6 a 10 metros.
Folhas de 4 a 5 metros de comprimento.
Na base dos pecíolos, envolvendo o tronco, há um verdadeiro tecido de fibras grossas,
castanho-escuras, flexíveis, resistentes, que se usam na fabricação de vassouras, escovas, etc:
A polpa do fruto é comestível.
Valor terapêutico: Das fibras desta palmeira pode extrair-se, por infusão,
uma substância que se aplica contra as dores provocadas pela erisipela.
Esse princípio ativo abranda a inflamação e previne a formação de vesículas serosas.
No extrato misturado com água quente embebe-se uma mecha de algodão ou
um pedaço de pano, que se coloca, em seguida, sobre as partes afetadas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário