segunda-feira, 29 de agosto de 2016

QUÁSSIA (Quassia amara) nos cálculos do fígado e dos rins

QUÁSSIA (Quassia amara) nos cálculos do fígado e dos rins

833 QUÁSSIA (Quassia amara)
Família: Simarubâceas.
Sinonímia: Quássia-amarga, quássia-de-caiena, pau-de-surinã, quina, pau-amargo.
Outro idioma: Bois cayan (Guiana Francesa).
Características: Arbusto ou árvore pequena.
Casca cinzenta.
Lenho branco-amarelado.
Folhas alternas, compostas de três ou cinco folíolos sésseis, oblongos, ponteagudos, glabros, inteiros.
Pecíolo comum, alado.
Flores escarlates, em cachos.
Fruto semelhante ao do cafeeiro.
Valor terapêutico:
É indicada na blenorragia, cálculos do fígado e dos rins, debilidade do estômago, diarréia, dispesia, flatulência, esper-matorréia, febres.
Prepara-se por maceração. Põem-se 5 a 6 gramas de madeira, casca ou raiz em 1 litro de água.
Deixam-se repousar durante alguns dias, até que a água fique bem impregnada dos princípios ativos da planta.
Toma-se uma pequena xícara entre uma e outra refeição.
Quando se trata de diarréia, escusado é dizer, suspendenvse as refeições até que a diarréia passe.
As raspas de molho em meio litro de água quente (pequena infusão), durante meia hora, são indicadas contra o oxíurio.
Uma hora antes, porém, deve tomar-se uma lavagem de dois litros de água meio morna, em que se tenha dissolvido uma colherada de sal de cozinha.
Partes usadas: Casca, raiz e madeira.


QUÁSSIA-CHEIROSA (Quassia suaveolens, Simaba suaveolens)

834 QUÁSSIA-CHEIROSA (Quassia suaveolens, Simaba suaveolens)
Família: Simarubáceas.
Característica: Arbusto ou árvore pequena.
Valor terapêutico:
É uma planta apregoada como febrífuga e esto-máquica.
É mui útil contra as dispepsias.




Nenhum comentário:

Postar um comentário