sábado, 1 de outubro de 2016

SENSITIVA para combater as afecções do fígado

SENSITIVA para combater as afecções do fígado

896 SENSITIVA (Mimosa humilis, Mimosa pudica)
Família: Leguminosas.
Sinonímia: Malícia-das-mulheres, juquer, caá-eó, dorme-dorme, dormideira, erva-viva, juquiri-rasteiro, vergonha, vergonhosa.
Características: Subarbusto.
Haste recoberta de espinhos.
Folhas pequeninas, compostas.
Flores róseas, em calátides. O fruto é uma vagem pequena, eriçada de espinhos, contendo grãos como os de feijão.
Esta planta fecha os seus folíolos discretamente quando tocada por qualquer objeto.
Habitat: Âs margens dos cursos d'água e nos terrenos alagados.
Valor terapêutico:
Usa-se o infuso das folhas para combater as afecções do fígado, os reumatismos articulares, a prisão de ventre.
Exteriormente emprega-se, em banhos, para curar tumores.
Usa-se também, em gargarejos, nas inflamações da boca e da garganta.
O suco, em cataplasmas, tem aplicação nas úlceras cancerosas e nas moléstias do útero.
É purgativo em pequena dose, e tóxico em alta dose. A raiz lhe serve de antídoto.
A raiz é purgativa.






Nenhum comentário:

Postar um comentário