segunda-feira, 3 de outubro de 2016

SERPÃO (Thymus serpyllum) contra a bronquite, a coqueluche

SERPÃO (Thymus serpyllum) contra a bronquite, a coqueluche

898 SERPÃO (Thymus serpyllum)
Família: Labiadas.
Sinonímia: Serpol, serpilho, planta-ursa, timo-silvestre.
Características: Planta vivaz, de forma muito variável.
Haste rasteira, emitindo numerosos ramos de até uns 30 cm de comprimento.
Folhas opostas, sésseis, ovais ou lanceoladas, de até 16 mm de comprimento, mais ou menos tomentosas.
Flores vermelho-rosadas, dispostas em capítulos terminais.
Toda a planta é muito aromática.
Valor terapêutico:
É bom remédio contra a bronquite, a coqueluche, e a diarréia.
10 gramas para 1 litro de água, em infusão.
Nos dois primeiros casos, pode-se adoçar com mel.
Externamente aplica-se o cozimento, em loções, para curar feridas supuradas.
50 gramas para 1 litro de água.
Em banhos quentes, dá bom resultado contra a debilidade geral, a paralisia, o reumatismo.
50 gramas para um litro de água.
Este vegetal é também um bom remédio contra a sarna.
Fazem-se loções. 100 gramas para 1 litro de água.
Parte usada: Toda a planta.






Nenhum comentário:

Postar um comentário