sábado, 5 de novembro de 2016

TIMO (Thymus vulgaris) para cólicas, flatulências

TIMO (Thymus vulgaris) para cólicas, flatulências

949 TIMO (Thymus vulgaris)
Família: Labiadas.
Sinonímia: Tomilho (A Satureja officinalis também é chamada tomilho).
Características: Planta de 10 a 20 cm.
Muito aromática.
Haste mais ou menos espessa, lenhosa na base, herbácea no cimo, assaz ramificada.
Ramos erectos brancos, aveludados.
Folhas opostas, sés-seis, oval-lanceoladas, de bordos voltados para baixo, verde-acinzenta-das, pontilhadas na face superior, algo pubescentes na face inferior.
Flores róseas ou brancas, reunidas em grupos de-3 nas axilas das folhas ou agrupadas como espigas nas pontas dos ramos.
Valor terapêutico:
Aplica-se na atonia do tubo digestivo, cólicas, flatulências, catarros crônicos, diarréia, leucorréia, amenorréia.
É bom remédio contra a coqueluche e Outras tosses.
O cozimento do timo, em banhos, é aconselhado nos casos de gota e reumatismo crônico.
Também se emprega, em loções, nas feridas difíceis de curar, bem como nas anginas.
Q timo é, enfim, um substituto do serpão, em suas várias aplicações terapêuticas.
Parte usada: Toda a planta florida.
Dose: Uso interno, 10 gramas para 1 litro de água; 4 a 5 xícaras por dia; uso externo, 40 gramas para um litro de água.



TIMUTU (Polygala timoutou)

950 TIMUTU (Polygala timoutou)
Família: Poligaláceas.
Característica: Planta herbácea ou arbustiva.
Habitat: É comum nos Estados do Norte.
Valor terapêutico:
A raiz, em decocção, é emética e diurética.




Nenhum comentário:

Postar um comentário