segunda-feira, 28 de novembro de 2016

UNHA-DE-ANTA para combater a elefantíase.

UNHA-DE-ANTA para combater a elefantíase.

985 UNHA-DE-ANTA (Bauhinia aculeata, Bauhinia fortificata)
Família: Leguminosas-cesalpiniáceas.
Sinonímia: Bauínia, pata-de-vaca, unha-de-boi, unha-de-vaca, pé-de-boi, mororó.
Características: Árvore alta, dotada de acúleos.
Folhas profundamente uncinadas, bilobadas.
Flores brancas.
Habitat: Rio de Janeiro.
Valor terapêutico:
A casca, em decocção, é empregada na diabete.
O decocto das folhas é usado, interna e externamente,
para combater a elefantíase.

UNHA-DE-GATO (Bignonia unguis-cati)

986 UNHA-DE-GATO (Bignonia unguis-cati)
Família: Bignoniáceas.
Sinonímia: Cipó-de-gato, cipó-de-morcego, hera-de-são-domingos.
Características: Cipó grande.
Gavinhas terminadas por três ganchos recurvos, que lembram a unha do gato.
Flores amarelo-claras, alaranjadas, grandes, numerosas.
Habitat: Muito comum no Mato Grosso.
Valor terapêutico:
Tem propriedades diuréticas, anti-reumáticas e anti-sifilíticas.
Partes usadas: Folhas e casca.
Dose: 20 gramas para 1 litro de água; 2 a 3 xícaras por dia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário